Criptomoedas do metaverso são destaques do mercado essa semana

 


Esta foi uma semana brutal para o mercado de criptomoedas, em que centenas de bilhões de dólares sumiram do mapa em meio ao colapso do LUNA e da UST do Terra — e levaram junto boa parte do mercado.

Porém, após diversos dias de queda, preços de criptomoedas registraram alta nesta sexta-feira (13). O mercado como um todo subiu 5% nas últimas 24 horas enquanto bitcoin (BTC) e ether (ETH) registraram sólidos ganhos e altcoins, como solana (SOL), avalanche (AVAX) e cardano (ADA) subiram cerca de 15% cada.

Porém, são os tokens de jogos e metaverso que estão registrando os maiores ganhos no último dia da semana, incluindo alguns que dispararam 35%, de acordo com o site CoinMarketCap.

GALA, o token do crescente ecossistema de jogos cripto, subiu 39% nas últimas 24 horas e está precificado em apenas US$ 0,09. Ainda registra uma queda semanal de 36%, mas está começando a recuperar parte do valor perdido recentemente.

Enquanto isso, MANA — o token do famoso jogo de metaverso Decentraland — subiu 35% e está sendo negociado a US$ 1,03. The Sandbox, o jogo adversário, viu seu token SAND disparar 17% (agora em US$ 1,33). Ambos os tokens haviam se desvalorizado desde outubro de 2021, quando o Facebook revelou seus próprios planos de lançar um metaverso.

GMT, o token do recém-lançado jogo “move to earn” (ou “mexa-se para ganhar”) para celular STEPN, subiu 37% e está precificado em US$ 1,55. ENJIN, token da empresa de jogos cripto Enjin, subiu 16% e está sendo negociado a US$ 0,68.

Apecoin (APE), o token recém-lançado do ecossistema Bored Ape Yacht Club (ou BAYC, na sigla em inglês), também registrou um aumento de 26%, precificado em US$ 8,73. Porém, dado que estava sendo negociado abaixo de US$ 6 na quinta-feira (12), é outro token de jogo de metaverso que está se recuperando de quedas recentes.

Veremos se esses tokens de jogos vão manter sua alta após o massacre recente ou se é apenas um alívio temporário antes que haja mais quedas a seguir.

Postar um comentário

0 Comentários